Consulta popular para validar Plano de Resíduos Sólidos entra na reta final

Campo Grande (MS) – A Consulta Pública para debater, colher subsídios e validar o Plano Estadual de Resíduos Sólidos de Mato Grosso do Sul (PERS-MS) entra na reta final com as duas últimas audiências nesta semana. Serão ouvidos os moradores de Três Lagoas, Água Clara, Aparecida do Taboado, Brasilândia, Cassilândia, Chapadão do Sul, Inocência, Paranaíba, Santa Rita do Pardo, Selvíria e Paraíso das Águas, nesta terça-feira (2) em Três Lagoas; e na quinta-feira (4), no auditório do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), reúnem-se representantes de Campo Grande, Bandeirantes, Corguinho, Dois Irmãos do Buriti, Jaraguari, Nova Alvorada do Sul, Ribas do Rio Pardo, Rochedo, Sidrolândia e Terenos.

A Consulta Pública começou no dia 17 de abril, por Jardim, quando foram ouvidos – além de Jardim – os moradores de Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Caracol, Guia Lopes da Laguna, Nioaque e Porto Murtinho. No dia 18 foi a vez de representantes de Anastácio, Aquidauana, Ladário e Miranda reunirem-se em Corumbá para discutir o tema. No dia 20 a consulta chegou a São Gabriel do Oeste, com participação ainda de moradores de Alcinópolis, Camapuã, Costa Rica, Coxim, Figueirão, Pedro Gomes, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso e Sonora.

Outras quatro audiências aconteceram dias 24 (Região da Grande Dourados), 25 (Região Sul Fronteira), 26 (Região Conesul) e 27 (Região Leste). “Tivemos um público bem representativo, inclusive com participação de várias organizações não governamentais. No geral foram debates interessantes com muitas contribuições”, destacou a gerente de Desenvolvimento e Modernização do Imasul, Eliane Ribeiro de Barros. Ela fez questão de frisar a importância do apoio das prefeituras que providenciam toda estrutura necessária para realização dos eventos.

O Plano Estadual de Resíduos Sólidos é um instrumento de gestão previsto na Política Nacional de Resíduos Sólidos. A Versão Preliminar do Plano para consulta e contribuições encontra-se disponível neste site. As contribuições poderão ser realizadas por meio do formulário disponível para download e poderão ser enviadas no e-mail gdm@imasul.ms.gov.br até o dia 10 de maio de 2017. As sugestões que forem julgadas pertinentes serão incorporadas à versão final do Plano Estadual de Resíduos Sólidos de Mato Grosso do Sul.

“Essa é uma etapa muito importante. Depois de todo esse levantamento o Plano tem que ser validado pela sociedade civil, o que vai acontecer nas reuniões que o Imasul fará durante essas duas semanas. Feito isso o Estado terá o seu Plano Estadual de Resíduos Sólidos”, afirmou o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck.

Com a publicação e implementação do Plano Estadual de Resíduos Sólidos, o Estado dará publicidade às diretrizes traçadas para atender a realidade estadual, e executará programas e ações que subsidiarão as ações locais, fortalecendo a gestão municipal, de modo a colaborarem com a promoção da adequada gestão dos resíduos sólidos no estado.

Dentre as ações do Estado junto aos municípios está a capacitação de agentes envolvidos na gestão dos resíduos sólidos, qualificação do processo gerencial e institucional e desenvolvimento institucional das entidades que atuam no setor de resíduos sólidos, de forma a tornarem-se propulsores da correta gestão dos serviços de limpeza urbana e de manejo de resíduos sólidos.

Informações adicionais poderão ser obtidas na Gerência de Desenvolvimento e Modernização (GDM) do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), telefones 3318-5630, 3318-5647 ou 3318-5675.

Clique aqui para fazer o download do Formulário para contribuições
Veja abaixo as datas das consultas:

Serviço: As duas últimas consultas públicas para validar o Plano Estadual de Resíduos Sólidos acontecem, respectivamente: dia 2, das 13h às 17h, Centro Cultural Profª Irene Marques Alexandria, na Rua Alexandre Costa, 130, Centro, Três Lagoas, com moradores de Três Lagoas, Água Clara, Aparecida do Taboado, Brasilândia, Cassilândia, Chapadão do Sul, Inocência, Paranaíba, Santa Rita do Pardo, Selvíria e Paraíso das Águas; e no dia 4, das 13h às 17h, no Auditório Shirley Palmeira do Imasul, localizado na Av. Desembargador Leão Neto Carmo S/N, Quadra 3 Bloco 3, Parque dos Poderes, Campo Grande, com moradores de Campo Grande, Bandeirantes, Corguinho, Dois Irmãos do Buriti, Jaraguari, Nova Alvorada do Sul, Ribas do Rio Pardo, Rochedo, Sidrolândia e Terenos.